Manaus, 25 de julho de 2024
  • Por volta das 9h40, o dólar subia 0,4% e era negociado a R$ 4,815. Atenções do mercado se voltam para decisão do Banco Central sobre juros.

O dólar operava em alta na manhã desta quarta-feira (21/6), dia em que as atenções do mercado financeiro estão voltadas para a reunião do Comit de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) que definirá a taxa básica de juros da economia.

A expectativa da maioria dos analistas é a de que o BC mantenha a taxa Selic em 13,75% ao ano, mas indique, no comunicado que acompanha a decisão, a possibilidade de iniciar o ciclo de queda dos juros em breve, provavelmente em agosto ou, no máximo, setembro.

Por volta das 9h40, o dólar subia 0,4% e era negociado a R$ 4,815.

Na véspera, a moeda americana teve alta de 0,42%, a R$ 4,795. Com o resultado, o dólar acumula baixas de 5,48% no mês e de 9,15% no ano.

Além da decisão do Copom sobre os juros, os investidores aguardam o pronunciamento do presidente do Federal Reserve (Fed, o Banco Central dos Estados Unidos), Jerome Powell, que falará na Câmara dos Representantes.

Na última reunião do Fed, na semana passada, a autoridade monetária americana interrompeu o ciclo de alta de juros e manteve a taxa em um intervalo de 5% a 5,25% ao ano, o maior patamar desde 2007. A pausa no aumento dos juros se deu após 10 altas consecutivas.

Fonte: Metrópoles