Manaus, 25 de julho de 2024

Localizado em uma região repleta de riquezas naturais, o município de Anori (a 234 quilometros de Manaus) tem o privilégio de contar com a influencia do ouro negro da Amazonia, o açaí. Na terra dos semifinalistas da Copa da Floresta, o produto alimenta o orgulho cultural e fortalece a saúde do povo anoriense.

Ligada historicamente a Codajás, Anori protagoniza uma saudável disputa com o município vizinho, pelo posto de cidade produtora do melhor açaí do Amazonas. Para os mais de 17 mil habitantes, não há dúvidas de que o melhor açaí é o de Anori.

Em Manaus, vários estabelecimentos fazem questão de estampar na própria marca que o açaí comercializado é proveniente de Anori, tendo em vista a ótima reputação do açaí anoriense entre o público consumidor.

Benefícios do ouro negro

Alimento popular não só na região Norte, mas no Brasil todo, o açaí traz diversos benefícios à saúde humana. Rico em proteínas, gordura vegetal, vitaminas B1, C e E, minerais e fibras, o fruto auxilia na redução do colesterol ruim (LDL), no aumento do colesterol bom (HDL) e melhora o funcionamento intestinal.

Ademais, os minerais ferro e cálcio presentes no açaí ajudam no fortalecimento dos ossos e articulações, além de contribuir com as funções energéticas e cardiovasculares do corpo. Por esses motivos, o alimento está geralmente presente na rotina alimentar de atletas.

Longevidade

E como não poderia ser diferente, na seleção da Terra do Açaí, o alimento é uma unanimidade não só entre atletas, mas entre toda delegação anoriense, que conta com um grande exemplo da contribuição do açaí na longevidade humana. Aos 69 anos, o presidente da Liga Esportiva de Anori, Manoel Moura, carrega o posto de presidente de liga mais velho da maior competição não profissional do Norte do país, a Copa da Floresta.

“Tenho muito orgulho de defender nossa terra desde a época que eu jogava. O povo anoriense é um povo guerreiro e nós aproveitamos nosso açaí da melhor maneira. Consumimos desde a infância e podemos comprovar todos os benefícios desse alimento. Com saúde, quero atuar no futebol anoriense até quando Deus me permitir viver. Eu amo futebol e meu orgulho é vestir e defender essa camisa”, afirmou Manoel.

Campanha na Copa da Floresta

Última seleção a garantir vaga na semifinal da Copa da Floresta, Anori conquistou o título da sede 6, em Manaquiri, Para se classificar, a seleção da Terra do Açaí conquistou duas vitórias e acumulou um empate, marcando quatro gols e sofrendo apenas um.

Na final da sede, Anori venceu os anfitriões por 2 a 1. A seleção anoriense entra em campo na próxima terça-feira (3/10), contra Tefé, pela primeira rodada da semifinal da maior competição não profissional do Norte do país.

Fotos: Ágatha Sena/FAF