Manaus, 25 de julho de 2024

Petrobras anunciou corte no preço da gasolina em R$ 0,13 nesta quinta-feira.

A ação da Petrobras passou a cair mais de 1% nesta quinta-feira (15/6), em reação dos agentes na bolsa de valores ao anúncio da petroleira sobre corte no preço da gasolina. 

A Petrobras anunciou pela manhã um corte de R$ 0,13 no preço da gasolina vendido às distribuidoras. O novo preço nas refinarias da estatal passa a valer na quinta-feira (16/6).

As ações preferenciais da Petrobras (PETR4) caíam 1,7% pouco depois das 15h30. As ações ordinárias (PETR3) caíam 1,3%.

Os papeis da Petrobras chegaram a abrir em alta pela manhã com as notícias de que a petroleira não estaria interessada em adquirir o controle da Braskem.

Política de preços da Petrobras

O corte da Petrobras é o segundo que acontece já sob a nova política de preços, alterada em maio e que parou de seguir automaticamente o preço dos importadores, afetado pela cotação internacional e custos do frete. A Petrobras anunciou em maio uma nova política de preços.

O último corte nos preços da gasolina havia sido em 16 de maio, quando o preço do litro foi cortado em R$ 0,40.

Com a mudança, o preço médio de venda de gasolina A nas refinarias da Petrobras (que respondem por cerca de 80% do combustível vendido no Brasil) ficará em R$ 2,66 por litro.

O preço ao consumidor nos postos é maior e inclui ainda impostos e margem de lucro das distribuidoras na cadeia.

Com base nos preços médios de venda na última semana e dada a mistura obrigatória de 27% de etanol anidro no litro de gasolina, a Petrobras estima que o preço médio ao consumidor final pode atingir valor de R$ 5,33.

via Metrópoles