Manaus, 21 de julho de 2024

O acusado era companheiro da irmã da vítima que tinha 19 anos quando o crime aconteceu.

Autazes – O réu Márcio Luiz Cavalcante Mello irá à júri popular, nesta terça-feira (20), acusado de matar a própria cunhada, Nazaré Dias de Lima, 19, irmã da companheira dele. O crime ocorreu em 29 de setembro de 2021 e o acusado escondeu o corpo da vítima em uma geladeira abandonada numa área de mata no Parque Festival de Leite, em Autazes (a 113 quilômetros a sudeste de Manaus).

O homem será julgado pela Vara Única da Comarca de Autazes a partir de 9h no Fórum de Justiça Aristófanes Bezerra de Castro, sob a presidência da juíza de Direito titular da Comarca de Autazes, Danielle Monteiro Fernandes Augusto.  O promotor de justiça Carlos Firmino Dantas atuará pelo Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE/AM). O réu terá em sua defesa o advogado Luiz Eduardo Queiroz Rocha.

Conforme os autos, Márcio Luiz é acusado de homicídio qualificado (praticado por motivo fútil, com meio cruel e com recurso que impossibilitou e dificultou a defesa da vítima) e ocultação de cadáver.

Preso provisoriamente em Manaus, o réu participará do julgamento por videoconferência.

A jovem Nazaré Dias estava desaparecida desde setembro de 2021 e teve seu corpo encontrado em janeiro de 2022. Equipes da Guarda Municipal receberem uma denúncia anônima e foram até o local, uma área de mata, onde encontraram o corpo dentro da geladeira abandonada. Um familiar reconheceu a jovem, seu corpo foi removido do local.

Fonte: D24am