Manaus, 20 de julho de 2024

Em decorrência da estiagem, o Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) decidiu prorrogar, nesta quinta-feira (19/10), o prazo de entrega da documentação dos contemplados no segundo ciclo do projeto ‘CNH Social’ que moram no interior do Estado.

O prazo será estendido até o dia 30 de novembro, e os agendamentos bem como a entrega da documentação deverão ser realizados de forma presencial nos postos de atendimento do Detran-AM e nas autoescolas credenciadas em cada município.

Segundo o diretor-presidente do Detran-AM, Rodrigo de Sá, a decisão de prorrogar o prazo se deu em razão de evitar que contemplados no interior sejam prejudicados

“Por conta das dificuldades causadas pela estiagem, o Detran Amazonas está tendo essa sensibilidade de prolongar a data da entrega de documentos, afinal, queremos que as pessoas que foram contempladas no interior consigam concluir essa etapa que é tão importante”, explica Rodrigo de Sá.

Para os moradores da capital, a entrega permanece até o dia 20 de dezembro, na sede do Detran-AM, localizado na avenida Mário Ypiranga Monteiro, 2.884, bairro Parque 10 de Novembro, com agendamento prévio por meio do digital.detran.am.gov.br. O acesso ao site é feito por meio de login e senha do gov.br.

Para as pessoas que realizaram a inscrição, e ainda não sabem se foram selecionadas, basta acessar o site do Programa Detran Cidadão (www.detrancidadao.am.gov.br) e verificar a lista disponível.

Documentos
Os documentos necessários são: RG (original e cópia); CPF (original e cópia); comprovante de residência referente aos últimos três meses (original e cópia); título de eleitor (original e cópia); comprovante de quitação eleitoral (obtido pelo site do TRE); comprovante de renda (original e cópia); duas fotos 3×4 (exceto para Manaus e para os municípios de Parintins, Humaitá, Iranduba, Manacapuru, Itacoatiara, Presidente Figueiredo e Tefé, pois esses já possuem captura de imagem); e declaração de hipossuficiência econômica.

No caso dos contemplados que forem moradores dos municípios de São Paulo de Olivença, Fonte Boa, Amaturá e Atalaia do Norte, haverá a solicitação para realizarem a atualização do Cadastro Único (CadÚnico). Após a atualização, caso não sejam preenchidas as vagas disponibilizadas, será aberta uma nova fase de inscrição.

Sobre o programa
Lançado em 2021 pelo governador Wilson Lima, o ‘CNH Social’ é um programa do Governo do Amazonas que possibilita o acesso gratuito aos serviços de habilitação de veículos automotores a cidadãos de baixa renda. A iniciativa também a primeira habilitação, adição e também troca de categoria.

No primeiro ciclo, foram ofertadas 40 mil vagas. Desse total, foram 23.473 processos iniciados no Detran-AM, o equivalente a 59% das vagas disponibilizadas. Nesse sentido, já foram concluídos 9.413 processos, sendo que 6.614 pessoas já estão com a CNH em mãos, e outros 16.859 processos estão em andamento.