Manaus, 25 de julho de 2024

Policiais civis da 77ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Eirunepé (a 1.1160 quilômetros de Manaus), prenderam em flagrante, no último domingo (24/12), um homem e uma mulher, ambos de 30 anos, por cárcere privado, lesão corporal e abandono de incapaz, contra o filho e enteado, uma criança, 10. A prisão ocorreu na rua da Granja, Bairro de Aparecida, naquele município.

De acordo com o investigador Gonzaga Rezende, gestor da unidade policial, o Conselho Tutelar do município recebeu uma denúncia a respeito dos delitos que estavam sendo cometidos contra a criança e repassou as informações aos policiais.

“A vítima era mantida trancada em uma casa de cachorro e em condições insalubres, sem alimentação e possuía diversas marcas de agressões pelo corpo. Testemunhas relataram que as situações eram frequentes, e que a criança ficava trancada no local porque a madrasta não queria ela junto ao casal”, relatou Gonzaga.

Segundo o investigador, os policiais se deslocaram ao endereço e efetuaram a prisão do casal. O menino foi resgatado e encaminhado para o Conselho Tutelar com o apoio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), para ter os devidos cuidados e apoio social.

Procedimentos

O casal responderá por cárcere privado, lesão corporal e abandono de incapaz, e ficará à disposição da Justiça.