Manaus, 23 de julho de 2024

Manaus/AM – A Polícia Civil deu detalhes sobre a suposta participação da influencer Isabelly Aurora, 21, e do ex-marido dela, Paulo Victor Monteiro Bastos, no esquema de rifas fraudulentas que era operado em Manaus.

Segundo o delegado Cícero Túlio, Isabelly, Lucas Picolé e Mano Queixo promoviam as rifas e captavam seguidores para a compra da mesma. Paulo Victor, por suas vez, ajudava Isabelly a lavar o dinheiro arrecadado com os golpes e servia de “laranja” para ela.

“O Paulo Victor, ele operava nesse esquema criminoso ajudando a Isabelly na lavagem de dinheiro. Inclusive, vários objetos e veículos, que eram comprados por parte de Isabelly, eram colocado no nome do Paulo Victor a fim de dissimular o escoamento dos valores”.

Cícero conta ainda que uma análise da conta bancária de Paulo Victor foi constatado a movimentação de grandes quantias que eram frutos do golpe.

“Na conta corrente dele passaram vultosas quantias decorrentes desse esquema criminoso, configurando aí a sua atuação na parte da lavagem de dinheiro (…) Eles já agiam há dois anos”, detalha.

Essa não é a primeira vez que Isabelly e Paulo Victor são presos. Ele já tinha passagem por roubo de telefones e ela já tem alguns delitos em sua ficha, como revela o delegado.

“Ela já tem vasto histórico criminoso, inclusive, já foi presa outras vezes pela equipe policial do 12º DIP, em oportunidades anteriores”.

Isabelly foi presa na manhã de hoje na casa da sogra e teve mais um aparelho celular apreendido. Na primeira fase, ela já havia tido carro, celulares e outros aparelhos eletrônicos apreendidos.


Paulo Victor foi o segundo a ser preso e vai responder não só pela participação no esquema, mas também por ter sido flagrado com uma pistola e munições.

O homem também foi autuado por apropriação indébita de bens por estar com o cartão de benefício previdenciário de um idoso no momento da prisão.

Fonte: Portal do Holanda