Manaus, 20 de julho de 2024

Dando continuidade ao cronograma de atividades que buscam ampliar o acesso da população manauara às diferentes políticas públicas desenvolvidas pela gestão municipal, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), realizou, neste sábado, 3/6, a terceira edição do mutirão “Manaus Mais Cidadã” deste ano, com mais de 30 parceiros reunidos, incluindo todas as secretarias municipais.

A ação foi realizada nas instalações da escola municipal Elvira Borges e da policlínica Djalma Batista, ambas localizadas na rua 23 de Dezembro, no bairro Compensa, oferecendo mais de cem serviços públicos gratuitos das áreas da assistência social, saúde, educação, trabalho e muito mais. Ao todo, mais 2.500 pessoas foram recebidas durante o dia, totalizando 13.157 atendimentos.

“O principal objetivo do ‘Manaus Mais Cidadã’ é trazer os serviços oferecidos pela Prefeitura de Manaus para dentro da comunidade em um único espaço e em um dia alternativo, para que problemas como a locomoção e a disponibilidade de tempo sejam minimizados. É pensando nisso, tendo esta meta em mente, que hoje trazemos mais uma vez, praticamente à porta do cidadão, a oportunidade de acessar uma série de serviços fundamentais oferecidos não apenas pela gestão municipal, mas também por nossos parceiros”, destacou o secretário da Semasc, Eduardo Lucas.

Ao longo do atendimento, foram oferecidos aos moradores do entorno e de bairros adjacentes uma grande variedade de serviços, entre eles: orientações relacionadas ao Cadastro Único, emissão da segunda via da Certidão de Nascimento, atendimentos diversos na área da saúde, serviços de embelezamento e massoterapia, atividades esportivas, vacinação de animais domésticos, orientações quanto a inserção de estudantes em programas como Bolsa Universidade, inscrição de famílias vulneráveis para o recebimento da Tarifa Social de Energia Elétrica e Água, e muito mais.

Acerca das parcerias, Lúcio Moisés Gusmão, diretor do Departamento de Direitos Humanos e principal responsável pela operação das ações, destacou a importância do trabalho conjunto entre todos os membros atuantes no desenvolvimento de políticas públicas para a população da capital amazonense, em especial àqueles em estado de vulnerabilidade social.

“É uma responsabilidade muito grande confiada a nós pelo prefeito David Almeida, mas que através de muito esforço, através desse trabalho de integração entre todas as secretarias, de todos os nossos parceiros, temos conseguido realizar com muita efetividade e com um feedback ótimo da população atendida, o que mostra nossa atuação nesse processo de identificar e sanar quaisquer que sejam suas demandas”, explicou.

População satisfeita

Acompanhada do filho Levi, a auxiliar de serviços gerais Rosana Raquel, moradora do bairro União da Vitória, zona Oeste, buscou a ação especificamente para ter acesso a uma sessão de massoterapia. Com as dores musculares aliviadas, Rosana elogiou a iniciativa.

“Eu estava com muitas dores nas costas e quando soube que haveria o evento hoje tratei de correr para cá. Foi maravilhoso, fui muito bem recebida, atendida com muito carinho e com certeza viria mais uma vez”, afirmou.

A família da dona de casa Elisângela Lopes, do bairro Compensa, também se reuniu para aproveitar os serviços oferecidos durante o mutirão. Elisângela, por exemplo, fez bom proveito dos serviços odontológicos.

“Às vezes, como no meio da semana mesmo, fica um pouco difícil para nós conseguirmos marcar um atendimento, uma consulta, ir a algum Cras (Centro de Referência de Assistência Social) por conta do tempo, e outras vezes não conseguimos ter acesso a alguns serviços até por não sabermos que eles existem, então uma ação como essa acaba sendo muito útil”, concluiu.

Serviços diversos

Entre alguns dos serviços ofertados, a Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad) levou para a ação “Manaus mais Cidadã” equipes para fazer atendimentos nas áreas jurídica, de assistência social e psicológica. Também foram disponibilizadas orientações sobre os programas de inclusão socioeducacional da prefeitura, operacionalizados pela Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), vinculada à Semad: o Bolsa Idiomas, cujo processo de seleção está em andamento, Bolsa Universidade e Bolsa Pós-Graduação.

O titular da Semad, Ebenezer Bezerra, acompanhou os atendimentos durante todo o dia. “Essa é uma ação de grande importância, orientada pelo prefeito David Almeida, que leva à população todos os serviços prestados pela prefeitura e instituições parceiras, como a Amazonas Energia, com a Tarifa Social. No ‘Manaus Mais Cidadã’, as pessoas conseguem resolver muitos problemas em um só lugar e o que é melhor, sem precisar sair do bairro onde moram”, destacou.

Já a Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semacc) participou da ação com seu tradicional espaço dedicado à agricultura familiar e ao comércio de produtos orgânicos, promovendo visibilidade e apoio aos produtores locais.

“Nós, da Semacc, ficamos felizes com essas ações que oportunizam a participação de diversos setores e beneficiam a população. Hoje, na ação, estamos com o espaço onde nossos oito agricultores estão tendo a oportunidade de expor e vender suas hortaliças, frutas e doces, além de termos ainda mais duas artesãs indígenas da comunidade Uberê participando conosco”, detalhou Meyb Seixas, diretora de agricultura da Semacc.

Parceiros

A iniciativa “Manaus Mais Cidadã” é coordenada pela Semasc, em parceria com as secretarias municipais da Saúde (Semsa); do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi); de Segurança Pública e Defesa Social (Semseg); de Educação (Semed); do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas); de Limpeza Urbana (Semulsp); de Finanças e Tecnologia da Informação (Semef); de Administração (Semad); de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semacc); e de Infraestrutura (Seminf); além do Fundo Manaus Solidária (FMS), Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Fundação Manaus Esporte (FME), Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), Casa Militar, Casa Civil, Fundação Doutor Thomas (FDT), Conselho Tutelar, Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman), Polícia Militar do Estado do Amazonas (PM-AM), Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), Amazonas Energia, agências humanitárias da ONU (Acnur, Unicef, UNFPA e OIM) e Organizações da Sociedade Civil.

— — —

Texto – Guilherme Araújo Pacheco / Semasc

Fotos – João Viana / Semcom