Manaus, 21 de julho de 2024

Juliane Lima Gonçalves, de 29 anos, empregada doméstica, estava no primeiro dia de trabalho quando perdeu a vida, após cair no poço de um elevador no 4º andar do prédio localizado na Rua Ceará. O incidente ocorreu na segunda-feira (18), por volta das 17h, após encerrar suas atividades no apartamento.

Equipes do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) foram acionadas e se deslocaram para o local, tentando reanimar a vítima. No entanto, seus esforços foram em vão, e a mulher não resistiu às lesões causadas pela queda.

O corpo de Juliane foi conduzido para o Instituto Médico Legal (IML) de Salvador, enquanto o caso foi registrado na delegacia do bairro da Pituba, onde será objeto de investigação para esclarecer as circunstâncias da queda. O Ministério Público do Trabalho (MPT) tomou conhecimento do ocorrido e está em busca de mais detalhes para posicionar-se sobre o caso.