Manaus, 14 de julho de 2024

Na quinta-feira (26/10), Dia D da Operação Virtude, a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Crimes contra o Idoso (DECCI), realizou a apuração de denúncias contra pessoas idosas em Manaus, por meio de visitas domiciliares. Na ocasião foram cumpridos mandados de prisão.

A operação contou com o apoio da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), Polícia Militar do Amazonas (PMAM) e a Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc).

Conforme a delegada Andrea Nascimento, titular da DECCI, a operação envolveu todos os órgãos da rede de proteção ao idoso. Na quinta, as equipes estiveram nas ruas de Manaus realizando diligências domiciliares a fim de apurar denúncias anônimas feitas pelos Disque 100, dos Direitos Humanos, bem como pelo 181, disque-denúncia da SSP-AM.

“Durante a ação também tivemos o acompanhamento de profissionais do Centro Integrado de Proteção e Defesa da Pessoa Idosa (Cipdi), por meio de assistentes sociais e psicólogos que encaminharam as vítimas para outros órgãos da rede de proteção. Também estiveram com a gente profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa)”, disse a delegada.

Ainda de acordo com a autoridade policial, na ocasião três mandados de prisão pelos crimes de latrocínio e roubo foram cumpridos.

O ouvidor-geral da SSP-AM, Sérgio Augusto, pontuou que o trabalho de prevenção ao combate aos crimes contra os idosos é de suma importância, alertando à população que todos podem fazer sua parte e denunciar caso saibam de qualquer tipo de violência voltada a esse público.

“A ouvidoria vem trazendo nessas demandas os canais de denúncias, bem como levando as equipes do serviço social para auxiliar os policiais da DECCI nas ações”, enfatizou Sérgio Augusto.

Segundo a secretária executiva da Pessoa Idosa da Sejusc, Anne Alves, a operação vem sendo realizada desde o dia 1° primeiro deste mês, com o objetivo de combater a violência contra a pessoa idosa, e com equipes de diversos órgãos atuantes nas ações.

“Produzimos um relatório que é direcionado para o órgão competente quando identificado sintomas de maus-tratos. A Sejusc atua com mediações de conflitos, atendimentos psicossocial e também em parceria com a Fundação de Apoio ao Idoso Doutor Thomas (FDT)”, informou Anne Alves.

Conforme o 2° sargento da PMAM, Edmilson Pimentel, salientou que a Virtude teve um resultado positivo em relação aos mandados de prisão cumpridos, além das equipes levarem orientações a todas as pessoas atendidas.

Operação

A Operação Virtude é coordenada nacionalmente pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) e ocorreu ao longo do mês de outubro.

As denúncias de crimes contra a pessoa idosa podem ser realizadas anonimamente pelo Disque 100, dos Direitos Humanos, ou pelo 181, da SSP-AM.

FOTOS: Lincoln Ferreira/Sejusc.