Manaus, 25 de julho de 2024

Dois bares foram interditados e uma festa foi encerrada, entre a noite do sábado (04/02) e a madrugada deste domingo (05/02), por agentes da Central Integrada de Fiscalização (CIF). Os locais estavam sem documentação necessária e licença junto aos órgãos reguladores para funcionamento. A ação integra as atividades de reforço nas áreas de segurança, saúde, transporte e social durante a programação do “Carnaval na Floresta”.

As ações de fiscalização são realizadas de forma integrada entre órgãos do Governo do Estado e da Prefeitura Municipal de Manaus (PMM) e coordenadas pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM), por meio da Secretaria Executiva de Gestão e Planejamento Integrado (Seagi).

Durante a fiscalização, um bar, localizado no bairro Redenção, na zona centro-oeste de Manaus, foi interditado. O local estava em funcionamento sem nenhuma autorização dos órgãos fiscalizadores. As mesmas irregularidades foram identificadas em outro estabelecimento, na avenida Itaúba, no bairro Jorge Teixeira, na zona leste da cidade.

Já na zona norte, um evento foi encerrado por não apresentar documentação exigida pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas). Para que possam voltar a funcionar, os estabelecimentos devem buscar todas as autorizações para o funcionamento; caso contrário, deverão seguir fechados.

Integração
As CIFs são realizadas de forma integrada por órgãos do Governo do Estado e da Prefeitura Municipal de Manaus (PMM), e coordenadas pela Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), por meio da Secretaria Executiva de Gestão e Planejamento Integrado (Seagi).

Neste sábado, a secretária de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania, Jussara Pedrosa, acompanhou os trabalhos preventivos e de divulgação dos serviços da pasta. Profissionais do Departamento de Prevenção à Violência (DPV), da SSP-AM, também estiveram divulgando os trabalhos do órgão e os canais de denúncia do 181.

“Na CIF, a Sejusc atua de maneira preventiva e educativa. Nas abordagens, nossa equipe é responsável pelo acolhimento de crianças e adolescentes, pela orientação dos responsáveis sobre a presença em bares e festas e apoio aos demais órgãos durante a ação”, destacou Jussara, acrescentando que, durante todo o período carnavalesco, a Sejusc vai acompanhar as ações em defesa dos direitos das crianças e adolescentes.

Efetivo
A CIF contou com um efetivo integrando, composto por servidores do Governo do Estado e da Prefeitura Municipal de Manaus (PMM). Entre os integrantes estavam servidores das Forças de Segurança, entre Polícia Militar (PMAM), Polícia Civil (PC-AM), Corpo de Bombeiros (CBMAM), Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot), Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), da Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas), Sejusc, da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semseg) entre outras.