Manaus, 20 de julho de 2024

O prefeito de Manaus, David Almeida, visitou, na manhã desta sexta-feira, 14/7, a estrutura de saneamento básico instalada no beco Nonato, no bairro Cachoeirinha, zona Sul da cidade. No local, mais de 900 moradores foram beneficiados com a instalação de redes de esgoto, em um projeto que é o primeiro do Brasil a levar o serviço a uma região de palafitas.

Acompanhado pelas equipes da concessionária Águas de Manaus e pelo diretor-presidente da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman), Elson Andrade, o chefe do Executivo municipal destacou a atuação conjunta entre Prefeitura de Manaus e a concessionária, que já proporciona melhorias para a população.

“Soluções práticas de saneamento da cidade de Manaus. O beco Nonato é o primeiro que recebe esse investimento, destinação correta dos resíduos e o esgoto sendo tratado, a água chegando nas torneiras dos moradores, e isso traz mais qualidade de vida, melhorando também a autoestima dos moradores. Quero reconhecer o grande trabalho feito pela concessionária Águas de Manaus, que vem melhorando a questão do saneamento da nossa cidade e melhorando a qualidade de vida do povo”, afirmou Almeida.

O vice-prefeito e secretário-chefe da Casa Civil, Marcos Rotta, também esteve presente na ação e destacou a importância do primeiro projeto de saneamento básico.

“Esse é o primeiro beco na história de Manaus que está recebendo água tratada com qualidade, com a Tarifa 10, e também, reconhecido pela Organização das Nações Unidas, a ONU, como um projeto que deve ser seguido e abraçado pelo mundo inteiro, que é o saneamento básico dentro das palafitas. Hoje, os moradores do beco Nonato estão tendo uma qualidade de vida significativamente melhor, e isso se dá devido ao olhar diferenciado da gestão do prefeito David Almeida”, disse o vice-prefeito.

São 350 metros de tubulações de rede coletora, uma elevatória para bombear o esgoto. A interligação interna das palafitas, responsabilidade dos moradores, também foi realizada pela concessionária. O sistema de esgoto começou a operar no local no primeiro semestre de 2023.

O local é simbólico para a Águas de Manaus, porque também foi o primeiro contemplado no projeto Vem Com a Gente, programa de relacionamento focado na implantação de redes de água em áreas vulneráveis.

“A gente garante que cada ponto, cada beco, cada palafita da cidade, vai ter a sua solução desenvolvida junto com a comunidade, com muito relacionamento, muito desenvolvimento de uma engenharia específica para garantir uma qualidade do serviço e nós hoje já temos isso com a água em todas essas regiões de Manaus, o esgoto aqui foi um projeto-piloto, mas logo já estaremos expandindo”, explicou o diretor-presidente da Águas de Manaus, Diego Dal Magro.

Serviços

A estrutura de água implantada no beco foi replicada para outras regiões vulneráveis de Manaus e resultou na implantação de mais de 150 quilômetros de redes pela cidade. O trabalho rendeu à Águas de Manaus o Prêmio Cases de Sucesso em Água e Saneamento, do Pacto Global das Nações Unidas, uma plataforma da ONU voltada para empresas que alinham suas estratégias à sustentabilidade.

O projeto pioneiro que levou redes de esgoto ao local tem continuidade com a instalação de redes de esgoto em outra área de palafitas. Desde o mês de abril, as equipes da Águas de Manaus estão atuando no igarapé que corta a avenida Parintins, também na Cachoeirinha. A estrutura consiste em três quilômetros de tubulações em redes que serão implantadas nas duas margens do igarapé.

Para a moradora Gisele Dantas, o benefício é de grande importância. “Está sendo bastante agradável para a gente, porque antes era muito ruim, e agora não, estamos muito felizes com água, com esgoto. Isso que a gente precisava, com a visita do prefeito está sendo melhor ainda, e eu tenho certeza que vai melhorar muito mais para a gente, isso é um benefício muito importante”, concluiu.

— — —

Texto –  Beathriz Torres / Semcom e Divulgação / Concessionária Águas de Manaus

Fotos – Dhyeizo Lemos / Semcom