Manaus, 25 de julho de 2024

A Prefeitura de Manaus está ofertando a vacina meningocócica C (Conjugada) para crianças e adolescentes não imunizados de até 10 anos, 11 meses e 29 dias, e trabalhadores da área da saúde. O imunizante teve a oferta ampliada até o dia 31/7 e está disponível em 171 salas de vacina gerenciadas pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), distribuídas em toda a capital amazonense.

A secretária municipal de Saúde, em exercício, Aline Rosa Martins, pontua que a ampliação da oferta da vacina ocorre em razão das baixas coberturas vacinais registradas em todo o país. Ela orienta pais e responsáveis por crianças não imunizadas, bem como trabalhadores e acadêmicos que atuam em estabelecimentos de assistência e vigilância à saúde, das redes pública e privada, a buscar o imunizante em uma das unidades da Semsa.

“Manter as coberturas elevadas, principalmente entre adolescentes e crianças, é a única forma de controlar a doença meningocócica, uma doença grave e letal, por isso pais e responsáveis não devem deixar passar essa oportunidade para proteger seus pequenos”, enfatiza.

A titular da Semsa lembra que a vacina é ofertada nas unidades básicas de segunda a sexta-feira, sendo que nove delas têm funcionamento estendido até as 20h. As mesmas unidades abrem ainda aos sábados, das 8h às 12h, e, aos domingos e feriados, o serviço é mantido na Clínica da Família Carmem Nicolau, no bairro Lago Azul, zona Norte. A lista completa com endereços e horários está disponível no site semsa.manaus.am.gov.br ou no link bit.ly/salasdevacinamanaus.

Conforme a gerente de Imunização da Semsa, Isabel Hernandes, a vacina meningocócica C protege contra a doença meningocócica (DM) do sorogrupo C, que apresenta alta gravidade e letalidade, em especial em crianças. Para as crianças a partir dos 5 anos de idade, bem como adolescentes não vacinados até 10 anos e trabalhadores da saúde, o imunizante é ofertado em dose única.

“Por isso é importante que as crianças de até 10 anos de idade sejam vacinadas, e também os profissionais de saúde, que são mais sujeitos a adquirir a doença pelo eventual contato com pacientes que chegam ao sistema de saúde, se não estiverem vacinados”, assinala a gerente.

Segundo Isabel, Manaus tem atualmente 56.618 trabalhadores na área da saúde, de acordo com dados da Semsa. Ela recomenda a diretores e gestores de estabelecimentos de saúde que busquem a secretaria para apoio em ações de imunização de profissionais, estagiários e trabalhadores de apoio.

Calendário vacinal

A doença meningocócica do sorogrupo C é causada pelo meningococo (Neisseria meningitidis) do tipo C, de alta gravidade e letalidade. A vacina meningocócica C (Conjugada), que protege contra a doença, foi implantada na rotina de imunização da criança em 2010. A meta de cobertura vacinal prescrita pelo Ministério da Saúde é de 95%.

O imunizante é ofertado no Calendário Nacional de Vacinação em esquema primário de duas doses, aos 3 e aos 5 meses de vida, com uma dose de reforço, preferencialmente aos 12 meses. Crianças que tenham perdido a oportunidade de receber a vacina nas idades indicadas podem ser vacinadas até os 4 anos, 11 meses e 29 dias, conforme orientação do Ministério da Saúde.

— — —

Texto – Jony Clay Borges / Semsa

Fotos – Divulgação / Semsa