Manaus, 21 de julho de 2024

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), realizou, neste domingo, 30/7, uma ação de sensibilização sobre a “Campanha de Combate ao Tráfico de Pessoas” para comerciantes e frequentadores da feirinha da avenida Eduardo Ribeiro, no Centro, zona Sul da cidade.

No local, que é um dos mais movimentados da capital durante o fim de semana, a equipe técnica da secretaria realizou a distribuição de material informativo sobre o tema, alertando a população em geral sobre os sinais do tráfico de pessoas e encorajando a denúncia de atividades suspeitas.

“Hoje, data em que é celebrado o Dia Mundial de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, nós estamos trabalhando para chamar a atenção das pessoas de que esse crime precisa voltar a ser denunciado ao menor indício, que não podemos esquecer que ele existe e nem baixar a guarda. É a Prefeitura de Manaus trabalhando pelas pessoas para mudar esse quadro de desigualdade e violação de direitos”, afirmou a subsecretária de Políticas Afirmativas para Mulheres e de Direitos Humanos da Semasc, Graça Prola.

Durante a semana, foram desenvolvidas diversas ações de conscientização sobre o tema nos equipamentos socioassistenciais da Semasc e também nas praças, ruas, bares, casas de programa, hotéis e portos na capital amazonense. O artesão Carlos Roberto, que trabalha na feira há mais de 10 anos, elogiou a iniciativa do poder público.

“Essa ação é muito boa, desperta a atenção de todo mundo. Nós também temos a preocupação de proteger as pessoas, eu inclusive vou levar essas informações para os meus colegas do projeto social que eu participo no meu bairro. Todos nós precisamos fazer a nossa parte para ajudar a melhorar a vida do povo, porque se não fizermos isso agora, depois pode ser tarde demais”, comentou.

A secretaria reforça que os cidadãos exercem um papel fundamental no combate   a esse crime. Ao identificar qualquer situação suspeita, é necessário denunciar às autoridades competentes por meio dos números 0800 092 6644, 0800 092 1407 ou Disque 100.

Campanha

Desenvolvida em parceria com secretarias municipais e estaduais, Organizações Não Governamentais (ONGs), órgãos de segurança pública e instituições sociais, a campanha municipal, cujo tema é “Liberdade não se Compra e Dignidade não se Vende”, terminará na segunda-feira, 31, em uma cerimônia no largo São Sebastião, no Centro.

A programação de atividades faz parte da “Campanha Coração Azul”, promovida internacionalmente pelo Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC), com o objetivo de prevenir e combater uma das mais graves formas de violação de direitos que atinge milhares de pessoas. De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), esse tipo de atividade movimenta, anualmente, 32 bilhões de dólares em todo o mundo.

— — —

Texto – Jackeline Lima / Semasc

Fotos – Guilherme Pacheco / Semasc