Manaus, 25 de julho de 2024

A Prefeitura de Manaus dá prosseguimento à programação em referência ao Dia Nacional do Homem, 15 de julho, intensificando neste sábado, 8/7, serviços de saúde e ações de bem-estar aos usuários que comparecerem à Unidade de Saúde da Família (USF) Carmen Nicolau, das 8h às 12h. A unidade está localizada na rua Nestor Nascimento, no Lago Azul, zona Norte.

A programação contempla a realização de palestras sobre a saúde integral masculina destacando os riscos que a hipertensão, diabetes, tabagismo, sedentarismo representam à saúde do homem. Serão ofertados também testes rápidos para detecção do HIV, sífilis e hepatites, aferição da pressão arterial e glicemia, atualização da caderneta vacinal e promoção do Pré-Natal do Parceiro.

O subsecretário de Gestão da Saúde, Djalma Coelho, informa que a intensificação dos serviços acontecerá em todos os sábados do mês de julho em uma unidade de referência de cada Distrito de Saúde da Semsa.

“Neste sábado a unidade de saúde Carmen Nicolau promove as ações de saúde, mas as unidades de saúde Amazonas Palhano, José Rayol e Leonor de Freitas, também irão aproveitar a data comemorativa para alertar sobre o quanto os homens precisam dar mais atenção à saúde, principalmente aqueles de 20 a 59 anos, uma parcela produtiva que precisa reforçar os cuidados preventivos à saúde”, alerta.

Além do reforço das ações em suas unidades de saúde, a Semsa, em parceria com o Serviço Social da Indústria da Construção Civil de Manaus (Seconci), está levando ações de saúde aos canteiros de obras espalhados pela cidade, por conta da grande concentração de homens no setor da construção civil. Na última quarta-feira, 5/7, os 200 trabalhadores do empreendimento Parque Ville Violeta, localizado no bairro Santa Etelvina, foram contemplados com as ações de saúde.

O chefe do Núcleo de Atenção à Saúde do Homem, Meirivaldo Maia, acrescenta que a programação foi pensada de modo a quebrar a resistência dos homens e estimular o autocuidado preventivo.

“Os homens costumam entrar na saúde pública na urgência e na emergência. Mas ano a ano, a Semsa vem reforçando a necessidade de eles desenvolverem o hábito de prevenir as doenças fazendo exames e monitorando os problemas de saúde já identificados, para que a situação não se agrave. Estamos aos poucos, quebrando as resistências”, frisa.

— — —

Texto – Tânia Brandão / Semsa

Fotos – Graziela Praia / Semsa