Manaus, 21 de julho de 2024

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Humaitá (a 590 quilômetros de Manaus), prendeu em flagrante, na quinta-feira (30/11), Breno Braga Carvalho, de idade não informada, e Marcondes dos Santos, 24, por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. A prisão ocorreu no conjunto residencial Rio Madeira, naquele município.

Conforme o delegado Torquato Mozer, titular da unidade policial, as diligências iniciaram após informações de que os infratores iriam utilizar os armamentos apreendidos para cometer homicídios no município.

“Nos deslocamos ao local e vimos que se tratava de uma residência já investigada pela equipe policial. Ao adentrarmos, encontramos os indivíduos com várias munições de calibre ponto 40 e uma pistola com carregador prolongado de calibre 9 mm”, disse.

Segundo o titular, Breno e Marcondes já tem passagem pela polícia por diversos crimes praticados em Humaitá.

Procedimentos

Breno e Marcondes responderão por porte ilegal de arma de fogo de usos restrito. Eles serão encaminhados à audiência de custódia, onde ficarão à disposição da Justiça.